Friday, February 09, 2007

Após uma longa paragem (em k hibernei, sei lá o k fiz...) este blog vai voltar à vida, tal como eu...

Só hoje senti
Que o rumo a seguir
Levava pra longe
Senti que este chão
Já não tinha espaço
Pra tudo o que foge
Não sei o motivo pra ir
Só sei que não posso ficar
Não sei o que vem a seguir
Mas quero procurar
E hoje deixei
De tentar erguer
Os planos de sempre
Aqueles que são
Pra outro amanhã
Que há-de ser diferente
Não quero levar o que dei
Talvez nem sequer o que é meu
É que hoje parece bastar
Um pouco de céu
Um pouco de céu
Só hoje esperei
Já sem desespero
Que a noite caísse
Nenhuma palavra
Foi hoje diferente
Do que já se disse
E há qualquer coisa a nascer
Bem dentro no fundo de mim
E há uma força a vencer
Qualquer outro fim
Não quero levar o que dei
Talvez nem sequer o que é meu
É que hoje parece bastar
Um pouco de céu
Um pouco de céu

Tuesday, October 10, 2006

Uma cidade nova. Uma escola nova. Gente e mais gente nova. E só eu fico na mesma… Mais valia que mudasse, que me tornasse em alguém que ama a nova vida, que cada dia acorda e pensa que o sol vai brilhar. Mas eu abro a janela e o sol só brilha lá ao longe. Aqui o céu está negro. Os rostos intimidadores com que me cruzo são negros e as almas que encerram imagino que o sejam também. Mas não as consigo ver nem sentir. Não há sentimento aqui, ficou lá. Comigo trouxe apenas o sorriso falso e a simpatia artificial, o “olá” sorridente que soa ao mesmo tempo que choro por dentro. Porque o “olá” não é para eles, é para os outros, para os que lá ficaram, para aqueles que posso ter ignorado por vezes mas que nunca esqueci e que são os únicos e verdadeiros “eles” com que quem quero estar. Sei que ansiei que Setembro acabasse, que a prisão desmoronasse e que a minha liberdade, enfim, nascesse. Mas o que nasceu foi apenas a consciência de que as amarras por vezes são boas, são aquilo que nos mantém presos a quem somos, ao sítio de onde vimos e que é, apesar de tudo, a nossa Casa. Aqui tenho quatro paredes; falta-me o calor interior. Lá tinha tudo e deixei escapar. Não sei se isso vai voltar alguma vez, se o meu “eu” se irá porventura reencontrar consigo próprio. Espero que sim; mas não consigo dizer que acredite nisso. Há situações que deixam marcas profundas mas há outras piores, as que quebram vidas. A minha sofreu uma quebra. E agora acabou, começou outra. Já não posso ser mais eu, não tenho quem me faça ser eu. Porque só somos nós onde, quando e com quem faz sentido. Não posso ser eu aqui, com estes rostos vazios, não consigo. O meu eu ficou lá e não consigo encontrar outro. Vou andando por aí sem identidade, sem rumo, sem objectivos, sem pessoas. Pessoas. Pessoas. Pessoas. É só isso que quero. Pessoas e não gente. Quero ser eu. Quero a minha vida de volta.

Thursday, September 21, 2006

Sabem aquelas coisas k aparecem nos fins dos filmes com as bácoras e os enganos? Eu vou fazer uma coisa parecida, uma lista com as cenas mais fixes dos nossos filmes:
  • Casa-de-banho separated da casa :D
  • Tirem-me daqui! Quero o saddam!
  • Chocapac!
  • A Vera no papel de M. Moura Guedes a rir-se enquanto a Inês entrevistava a deficiente (eu)
  • Je suis la lima, je vous vais manger! Uuuuu! :)))
  • Nous sommes les deux françaises ;)
  • A velha com incontinência!
  • Os pêlos das pernas da mãe da Vanda no documentário da eutanásia
  • A Cláudia a bater as panelas da Quinta das Celebridades

Kem se lembrar de mais k acrescente...até parece k alguém vem ler isto...

THE END

Tuesday, September 12, 2006

Por incrível k pareça, o post em k falei da D. Filomena e do filme francês deu-me saudades da Escola Secundária José Saramago (ou Hiper-Mega Seca Mundial, na versão do Alex). É estranho como enkuanto lá andava só keria sair de lá e agora k finalmente saí, dava tudo por mais um ano ali. Porque há coisas k, por mais parvas e chatas k sejam, já me estão a fazer saudades, coisas k merecem ser lembradas para smp (e k vao ser, de certeza, nem k seja pelos nossos famosos cadernos), vou deixar aki uma lista das coisas k marcaram estes últimos anos e das kuais vou ter saudades:

  • Vocês (esta é obvia...)
  • Alguns stores (a stora Teresa, a stora Tuga, a Fernanda Laia, apesar de td... :) )...
  • Os nossos cadernos
  • As nossas pancadas :))))))))))))))))))))))))))
  • As bácoras da stora de Geografia :p
  • As roupas da Ana Pinheiro :))) (espero k ela nao veja isto!)
  • As roupas da stora de Sociologia
  • As aulas de francês em k nao se fazia NADA! e em k a stora se PASSAVA completamente
  • As bolachas nas aulas de historia no 11º (nem sei cm me fui lembrar disto!)
  • As aulas de francês do 10R a ouvir "Qulqu'un m'a dit"
  • A música de vómitos da estúpida da rádio
  • As guerras com a Monstra dos Power Rangers (a do Conselho Executivo, sim pk akela escola tinha 3 Monstras dos Power Rangers!!!)
  • Os comentários da Moreira no intervalo..."Olha, lá vai o Harrison Ford" :p
  • As aulas de OED, com nós todas a fazer de pluma ;)
  • As guerras da stora de OED com a stora Tuga
  • As guerras da stora de OED com a stora de Psicologia
  • Os gritos da generala (stora de Psic)
  • As unhas do Gui :pppp E o cabelo também ;)
  • Por falar no Gui, tudo nele: o bater das unhas na porta, o chapéu de chuva no verão...
  • A Rita Gregório e o seu riso k, para além de ser engraçado, era smp o último ;)
  • Os nossos filmes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Disto não me podia eskecer... ( Jornal Radical, a PAC, a Quinta das Celebridades, o documentário da eutanásia, Les Camelotes!...)
  • E TUDO E TUDO E TUDO....

E já agora, um muito obrigado a todas as pessoas k fizeram parte destes 3 anos fantásticos e k, de alguma forma, contribuiram para os tornar inesquecíveis! Temos k combinar um jantar de turma para daki 20 anos...

Moreira lembras-te dakele dia lá na biblioteca da escola (k saudades da D. Filomena... :p), axo k ate foi um dia dps de termos estado com a Marisa a fazer akele filme frances da treta (por falar nisso, k é feito do filme??? Nunca chegámos a ver as nossas figuras...) Bem, continuando...lembras-te de termos tentado adicionar o blog uma da outra na parte lateral dos nossos blogs? E não conseguimos :( pois é, hoje tentei fazer isso outra vez e...claro, nao consegui. mas a conclusao disto td não é k nós somos burras, a conclusao é k somos desenrascadas pk se nao dá dessa maneira dá de outra:

www.ninguemerecedass.blogspot.com

tcharã! Já tá :)
Agora vê lá se me deixas um commentzito k eu não faço publicidade à borla

Tuesday, September 05, 2006



Primeiro k td kero dizer k nao tou a ser paga pra fazer esta publicidade :p

Mas, mesmo assim acho k vale a pena mostrar ao mundo, ou melhor, a toda a gente k vê este blog, ou melhor, a vcs: Cris, Almeida e Rodrigues..., bem vale a pena mostrar-vos as vantagens do chocotelegram. É que para além da vantagem óbvia de se poder dizer coisas bonitas como "Amo-te" (ou coisas feias, a mensagem é à vontade do expediente) de uma forma orignal, há ainda uma outra vantagem de que só me apercebi depois de ter enviado: é k consegue-se por toda a gente a pensar que lá dentro está uma bomba! O que tem uma certa piada... Confesso k gostava de ter visto o pessoal aí na manutenção à espera k saísse de dentro da embalgem uma bomba que explodisse com akilo td...mas nao, afinal o k saiu foi um chocolate k tem como único perigo fazer engordar quem o come :)

Conclusao 1 - agora kd xegar outra encomenda à manutenção, o pessoal vai todo guloso a pensar k é chocolate kuando pode ser mesmo uma bomba! :p

Conclusao 2 - Esta conclusao vem escrita no chocolate e é muito simples... AMO-TE ;)

Tuesday, August 22, 2006

Amor diz lá se o trol não é mto mais
parecido com o Almeida do k cmg...

Wednesday, July 19, 2006